Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

domingo, 7 de outubro de 2012

Rapaz de 11 anos descobre mamute na Rússia



Um rapaz de 11 anos descobriu um mamute num estado de conservação excecional quando passeava com o irmão perto do rio Ienissel no Grande Norte russo, anunciou hoje um cientista especializado nesta espécie desaparecida há milhares de anos.
A descoberta, revelada esta semana, ocorreu em agosto perto do golfo do Ienissel perto do oceano Ártico, na península de Taimyr, onde o animal ficou até agora conservado num subsolo cuja temperatura se mantém permanentemente inferior ou igual a zero graus centígrados durante um período mínimo de dois anos, indicou Alexeï Tikhonov, diretor do museu zoológico de São Petersburgo, que se deslocou ao local.
O rapaz de 11 anos "informou da descoberta o pai, que advertiu o diretor da estação polar, que por seu lado chamou os cientistas", explicou Tikhonov.
"Deslocámo-nos ao local com um responsável do comité internacional do mamute: encontrámos um grande mamute, que jazia sobre o lado direito cinco metros abaixo do nível do mar, adiantou.
"O esqueleto está praticamente inteiro e talvez esteja o coração inteiro na caixa torácica. Podemos falar do mamute do século", declarou ainda o cientista.