Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Investimento em energias renováveis caiu em 2012


Investimento em energias renováveis caiu em 2012                                Os investimentos mundiais em energias renováveis desceram onze por cento em 2012, devido a quedas em mercados como os Estados Unidos e a Europa, mas o panorama não é tão mau como se temia, segundo um relatório publicado ontem.

No ano passado, 201,2 mil milhões de euros foram investidos em projetos de renováveis, enquanto em 2011 o investimento tinha sido de 226 mil milhões, de acordo com o estudo da empresa Bloomberg New Energy Finance.
Mesmo assim, 2012 foi o segundo melhor ano de sempre para o investimento neste tipo de energias, com um valor cinco vezes superior ao verificado em 2004, ressalva a agência financeira Bloomberg.
O diretor da BNEF, Michael Liebreich, afirmou que o aspeto mais surpreendente das conclusões é o facto de "a descida não ter sido maior", assinalando que 2012 foi um ano "turbulento" para as energias renováveis devido às "incertezas sobre as políticas de apoio ao setor, a crise financeira na Europa" e à descida dos preços na tecnologia.
Espanha foi um dos países onde o investimento mais desceu, com uma quebra de 68 % em relação a 2011 para 2,2 mil milhões de euros, devido a uma moratória imposta pelo governo de Madrid aos subsídios a projetos de energias renováveis.
Nos Estados Unidos, o investimento caiu 32 % para 33 mil milhões de euros.