Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Cimeira decide prolongar protocolo de Quioto até 2020


A presidência da conferência de Doha sobre o combate às alterações climáticas anunciou ter chegado hoje a acordo para estender o protocolo de Quioto até 2020, uma negociação conseguida depois de um longo impasse.

A conferência sobre o clima das Nações Unidas, que se realizou no Qatar, contou com a presença de quase 200 países que adotaram a extensão até 2020 daquele acordo que tem em vista o controlo da emissão de gases com efeito de estufa. O acordo está em vigor desde 1997 e expira este ano.
As negociações prolongaram-se pela noite de sexta-feira para finalizar os detalhes e conseguir o acordo da maioria dos países em relação aos compromissos para um novo período de quotas de emissão.
Mas esta segunda fase de negociações, que teve lugar hoje, contou com a presença dos países responsáveis por 15 por cento das emissões mundiais, depois de o Canada, o Japão, a Nova Zelândia e a Rússia optarem por ficar de fora do acordo.
Os Estados Unidos nunca chegaram a ratificar o acordo de Quioto para o combate às alterações climáticas, justificando a sua decisão com o facto de a China não estar no acordo.