Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Primeiras "viúvas negras" encontradas no Reino Unido


Primeiras "viúvas negras" encontradas no Reino Unido


Britânicos descobrem a primeira praga de "viúvas negras" no país numa fábrica de máquinas em Norfolk. As aranhas são das mais perigosas do mundo.

A mortal aranha foi descoberta esta quinta-feira por engenheiros de uma fábrica de máquinas, em Norfolk, junto a um tubo de ventilação de um dos armazéns, que após terem ido ao Google identificar que tipo de aranha tinham encontrado, confirmaram tratar-se de uma das espécies de aracnídeos mais mortais do mundo.
Segundo o jornal britânico "Daily Mail", os trabalhadores da fábrica foram prontamente evacuados e a zona onde a aranha foi descoberta selado. Mais tarde, foi encontrado na mesma zona um ninho de ovos, de onde saíram mais de 100 bebés "viúva negra".
"Podemos dizer que se tratam de "viúvas negras" devido á característica marca no tórax e ao carácter agressivo que a aranha assumiu quando a isolámos", afirmou Ian Parkinson, reponsável pela equipa de desinfestação que se deslocou ao local para resolver o problema. "Foi uma sorte termos encontrado o ninho antes que se tivessem espalhado mais pela fábrica, o que seria um grande problema", diz Parkinson.
Os responsáveis da fábrica de Norfolk acreditam que as mortais aranhas terão vindo para o Reino Unido a bordo de um contentor com maquinaria importada do Texas, nos Estados Unidos da América. Ian Parkinson afirmou que as "viúvas negras" conseguem sobreviver várias semanas sem comer, após terem tido uma grande refeição, por isso não estranha que tenham sobrevivido a uma viagem tão grande.
"Segundo sabemos, estas são as primeiras "viúvas negras" encontradas no Reino Unido", afirma Parkinson, adiantando que a aranha em causa é tão perigosa que "o seu veneno é 15 vezes mais forte que o de uma cobra cascavel".