Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Ir viver para Marte custará 387 mil euros



Ir viver para Marte custará 387 mil euros


O multimilionário Elon Musk, fundador e chefe-executivo da empresa privada de transportes espaciais 'Space X', quer estabelecer uma colónia em Marte para cerca de 80 mil pessoas cujo preço de viagem rondará os 387 mil euros.
A ideia essencial da 'Space X' é que as condições de vida numa possível colónia em Marte não sejam inferiores às da Terra, diz o site espanhol 'Psyn Noticias'
Segundo o site do jornal britânico 'The daily Mail', as ambições iniciais de Musk serão pequenas sendo que, numa primeira fase do projeto, só viajarão para o Planeta Vermelho cerca de 10 pessoas.
De acordo com o empresário, citado pelo 'Psyn Noticias', os primeiros colonos a chegar a Marte terão que levar consigo imensos suplementos, nomeadamente: equipamento para a produção de fertilizante, oxigénio e metano a partir dos elementos naturais da atmosfera de Marte. Os pioneiros terão ainda que levar materiais para construir cúpulas transparentes, cujo ambiente interior será propício ao cultivo de produtos. Deste modo, à medida que os colonos forem aumentando a sua autossuficiência, mais pessoas poderão viajar para o Planeta e cada vez com menos materiais, sendo prevista a a capacidade populacional de 80 mil pessoas.
Já foram divulgados os custos monetários dos bilhetes, caso as viagens se tornem possíveis, e estes rondarão os 387 mil euros, diz o 'Psyn Noticias'.
Segundo o 'The Huffington Post', Musk afirma que "o preço dos bilhetes não poderá ser muito elevado, para que pessoas de países desenvolvidos, nos seus quarenta anos, possam juntar dinheiro suficiente para realizar a viagem".