Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Inventor do "rato" morre aos 88 anos


O engenheiro e pioneiro da informática Douglas Engelbart, inventor do "rato", morreu ontem à tarde, aos 88 anos, segundo fonte do Instituto batizado com o seu nome.

O cientista morreu na sua casa de Atherton, no coração de Silicon Valley, no estado norte-americano da Califónia, acrescentou a mesma fonte.
Nascido no Oregon, Doug Engelbart instalou-se na Califórnia para se tornar investigador no Stanford Research Institute, após se ter formado em engenharia eletrónica e informática nos anos 50, quando um único computador ainda ocupava uma divisão.
O trabalho do engenheiro e da sua equipa ajudou a lançar as bases sobre os quais se ergueu a informática moderna.
As suas pesquisas incidiram sobre a videoconferência, a teleconferência, o correio eletrónico, as "janelas" e as ligações de hipertexto, mas ficou sobretudo conhecido por ter inventado o "rato".
A patente do "rato, que se apresentava inicialmente como uma caixa em madeira com duas rodas de metal, foi pedida em 1967 e concedida em 1970.