Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

domingo, 7 de julho de 2013

Galáxias devoram gás para formar estrelas


Galáxias devoram gás para formar estrelas

Astrónomos descobriram uma galáxia distante a comer sofregamente gás nas suas imediações, provando a teoria de que galáxias atraem e devoram material muito próximo delas para crescer e formar estrelas, informou ontem o Observatório Europeu do Sul (OES).
As observações efetuadas com o telescópio VLT do OES "mostram o gás a cair em direção à galáxia, o que cria um fluxo que alimenta a formação estelar, ao mesmo tempo que impulsiona a rotação da galáxia", refere em comunicado o Observatório, organização da qual Portugal é um dos países-membros.
Segundo a nota do OES, "esta é a melhor evidência observacional direta, até agora, que apoia a teoria de que as galáxias atraem e devoram material próximo, de modo a crescerem e formarem estrelas".
Os resultados da descoberta serão publicados na edição de sexta-feira da revista Science.
O telescópio VLT foi usado para estudar "um alinhamento muito raro" entre uma galáxia longínqua e um quasar ainda mais distante. O quasar define-se como "o centro extremamente brilhante de uma galáxia alimentado por um buraco negro de elevada massa".
A radiação emitida pelo quasar passa através da matéria que circunda a galáxia, antes de chegar à Terra, o que, de acordo com o OES, "permite explorar em detalhe as propriedades deste material".