Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Asteroide que hoje passa perto da Terra tem uma lua



O asteroide 1998 QE2, que esta noite vai passar a 5,8 milhões de quilómetros da Terra, uma distância curta do ponto de vista astronómico, tem o seu próprio satélite, ou lua, revelam imagens de telescópio captadas pela NASA.
Captadas pelo radiotelescópio de 70 metros Deep Space Network em Goldstone, California, as imagens foram juntas sequencialmente no vídeo reproduzido nesta página. Mostram que o 1998 QE2 é na realidade um asteroide binário - ou seja, é constituído por dois objetos que se orbitam mutuamente.
Tal como acontece com a Terra e a Lua, dada a diferença de massa entre os dois corpos, parece que o satélite orbita o asteroide 'estacionário'.
As imagens ontem divulgadas foram captadas quando o 1998 QE2 estava a cerca de 6 milhões de quilómetros do nosso planeta - o equivalente a 15,6 vezes a distância à Lua. O vídeo comprime em alguns segundos o equivalente a pouco mais de duas horas de atividade.
Com estas observações, os investigadores liderados pela cientista Marina Brozovic, do Jet Propulsion Laboratory da NASA, confirmaram que o corpo maior do 1998 QE2 - o "primário" - tem cerca de 2,7 quilómetros de diâmetro e um período de rotação de apenas quatro horas. A sua 'lua', ou corpo secundário, tem uma largura de apenas 600 metros.
Se nada alterar a sua trajetória atual, o 1998 QE2 atingirá às 21:59 (hora de Lisboa) de hoje o ponto de passagem mais próximo da Terra e só voltará a aproximar-se dentro de cerca de duzentos anos.