Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Meteorito gigante caiu na Austrália há 360 milhões de anos


Cientistas descobriram uma zona de impacto de 200 quilómetros de diâmetro no interior australiano que terá sido provocada pela queda de um gigantesco meteorito há 360 milhões de anos, informou hoje um membro da equipa.

O meteorito mediria entre 10 e 20 quilómetros de diâmetro, mil vezes maior que o que caiu na região russa dos Urais na semana passada, com cerca de 20 metros de diâmetro, segundo Andrew Glikson, professor convidado da universidade nacional australiana.
Enquanto o evento de sexta-feira passada provocou uma onda de choque que estilhaçou vidros e feriu centenas de pessoas na cidade de Chelyabinsk, a queda do meteorito australiano terá tido consequências à escala global, adiantou Glikson.
"O que é realmente impressionante é a extensão da zona que sofreu o impacto. Um mínimo de 200 quilómetros de diâmetro, o que faz com que esta seja a terceira maior superfície do mundo impactada pela queda de um objeto celeste", acrescentou o cientista.
O investigador sublinhou ainda a raridade de eventos deste género, sublinhando que asteroides desta dimensão entram em colisão com a Terra uma vez em muitas dezenas de milhões de anos.
"Penso que não temos de nos preocupar com isso. Pelo menos não tanto como com acidentes nucleares e com as alterações climáticas", afirmou.
Fonte: Diário de Notícias Virtual