Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

domingo, 8 de julho de 2012

Cheias Rússia

O número de vítimas mortais das cheias no sul da Rússia subiu para 155, tendo também sido hospitalizadas 80 pessoas, informa o Ministério russo do Interior neste domingo.

Porém, as autoridades não excluem a possibilidade de o número de vítimas mortais continuar a aumentar.

No distrito de Krasnodar, um dos mais afetados, as inundações foram provocadas por chuvas intensas, segundo a versão oficial, que caíram na sexta-feira e no sábado.

Mas o Comité de Investigação da Rússia admitiu, neste domingo, ter havido descargas de albufeira. «Foram feitas descargas automáticas durante 13 horas, mas ainda é cedo para afirmar que essa foi a causa das inundações», revelou Ivan Senguerov, citado pela agência Ria-Novosti.

A água inundou mais de cinco mil habitações, onde vivem mais de 26 mil pessoas.

O Ministério para Situações de Emergência da Rússia anunciou que falta ainda vistoriar 1/5 das áreas atingidas pelas inundações.

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, decretou o dia 9 de julho, segunda-feira, de luto nacional pelas vítimas.