Pesquisar neste blogue

Número total de visualizações de página

terça-feira, 30 de abril de 2013

Cassini capta furacão em Saturno

Cassini capta furacão em Saturno


Um enorme furacão, em Saturno, foi registado pela sonda Cassini que chegou àquele planeta em 2004. As imagens da gigante tempestade - designada como "Rosa Vermelha de Saturno" - foram capturadas através de infravermelhos. 

A sonda espacial Cassini capturou pela primeira vez uma grande tempestade que ocorre no pólo norte do planeta Saturno. Quando a Cassini chegou ao grande "senhor dos anéis" em 2004, o hemisfério norte estava na escuridão do inverno, que terminou em 2009. Depois de algumas movimentações para contornar o planeta, finalmente registou as imagens da "Rosa Vermelha de Saturno".
O furação tem um "olho" - aquela forma circular no centro de um vórtice - de dois mil quilómetros de diâmetro. E as imagens da tempestade em Saturno foram tiradas de uma altura de 420 mil quilómetros, pela sonda Cassini.

Os cientistas da NASA dizem que os ventos do furacão atingiram os 530 quilómetros por hora.
O gigantesco redemoinho ocorre no centro de um sistema designado de "hexágono de Saturno", uma formação de nuvens com forma poligonal. Os cientistas desconhecem a sua formação, apenas que resiste desde que foi observada pela primeira vez, em 1980.